Ferrante / Claudia Araujo – Parceria combina tradição e modernidade

Blog

Claudia Araujo Tecelagem Manual é a nova parceira da Ferrante. Tradicional casa de tapetes artesanais, o trabalho de Claudia Araujo tem reconhecimento internacional por se utilizar de princípios do design aplicados ao artesanato, ou seja, a combinação perfeita entre tradição e criação.

Há 20 anos na vanguarda do design nacional com seu produto sustentável, contemporâneo, diferenciado, inovador e único, Claudia Araujo pesquisa e utiliza diversas fibras aliadas às técnicas diferenciadas de padronagem, com resgate da rica tradição têxtil de Minas Gerais num trabalho de parceria com as tecelãs desta região.

Os princípios de sustentabilidade do trabalho manual, harmônico com o meio ambiente, preserva os recursos naturais e são aplicados na confecção dos tapetes.

Um exemplo é o tapete crochet, premiado em 2013 no Carpet Design Awards.

A ideia é recontextualizar e reciclar subprodutos e materiais descartados pela indústria. Assim, surgem produtos contemporâneos e exclusivos, como o taPET, 100% confeccionado com fio de garrafas PET.

Indagada a respeito da parceria com a Ferrante, Claudia Araujo diz que foi apresentada ao projeto pelo amigo Marcelo Bueno, membro do marketing da Ferrante.

“Achei interessante a ideia de desenhar alguns tecidos para as cadeiras de salões de beleza e barbearias, um campo novo para mim. Aos poucos, fui conhecendo melhor a empresa e me inteirando do método de trabalho totalmente artesanal de cada peça. Gostei da história da empresa, do conhecimento  passado de geração a geração, da tradição, do gosto pelo fazer. Tudo isto veio de encontro ao meu trabalho com a tecelagem manual e me senti à vontade a partir daí. A concepção da coleção foi fácil e saiu rápido. Tudo fluiu – desenvolver um tecido com as especificações necessárias, durabilidade/resistência e trabalhar com as cores/padrões.

Segundo ela, a Ferrante se encaixa em sua filosofia de trabalho pelo fato de propor algo novo e artesanal. “Trabalhar com seriedade, mas também com leveza e beleza”, explica.

Os tecidos para a Ferrante foram produzidos em tear manual, fio a fio, tudo feito à mão, diz a tecelã. “Utilizei fios de polipropileno, adequados para resistir ao uso e à água. Foram desenvolvidas cores especiais, com contrastes ousados e tons metálicos para que os tecidos se incorporarem ao design e materiais das cadeiras. Fiquei muito satisfeita com o resultado!”, finaliza.

Entre os produtos de sua linha inovadora, destaque para as almofadas, jogo americano, tapetes, tapetes de fibras naturais e tapetes outdoor.

Confira mais detalhes no site Claudia Araujo – http://www.claudiaaraujo.com.br/index.php

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *