Arquitetura e design de interiores. Tendências.

O core da indústria de cabelos e beleza é o mesmo há mais de 100 anos: você precisa das habilidades certas, das ferramentas certas e da atitude certa. Porém quando falamos do negócio em si, os salões de beleza têm o mesmo desafio de qualquer outro espaço comercial: atualizar-se de acordo com o movimento do mercado e o comportamento do consumidor. E isso envolve diretamente o design do espaço.
_DSC7759Atualmente, vemos a estética heritage bem em alta, com ambientes que mesclam elementos retro com modernos, muitas vezes pendendo para o look&feel industrial ou hipster. Menos falados, mas ainda assim grandes apostas, vemos o crescimento de espaços cleans e sofisticados que apostam em sobreposição de tons, espelhos que vão do chão ao teto para ampliar a sensação de espaço e revestimentos nobres, com acabamento brilhante e espelhado. A dobradinha preto & branco ganha mais prestígio associada ao cuidado com os detalhes e a iluminação impecável, sempre reforçada por arandelas direcionadas ou emoldurando o espelho.
Screen Shot 2016-09-28 at 11.29.22 AMOutra aposta tem sido os salões que investem na decoração e elementos que remetem a um verdadeiro spa. A aposta nesse caso são ambientes claros, revestimentos em madeira e plantas na decoração. As cadeiras são um capítulo à parte, unindo a praticidade por meio de novos desenhos que incluem armazenamento de acessórios ao conforto de poltronas fofas e sofás. Os biombos e divisórias também chegam com força.
ferrante_saloes_9646FAL Design Estratégico
http://www.blogdafal.com.br/

Como fazer a manutenção correta dos seus móveis Ferrante

Produzidos para durar muito tempo, os móveis Ferrante tem vida útil maior ainda com as nossas recomendações de manutenção.

Estofamento: Evite o contato de tecidos que soltam tinta e produtos químicos em revestimentos com tonalidades claras. Caso isso não seja possível, pode-se proteger o estofamento com capas de vinil descartáveis. Para limpeza, use sabão neutro com esponja macia umedecida, remover o excesso com pano úmido e secar. No caso de manchas, use um pano com produto multiuso ou álcool, friccionar levemente e remover o excesso com pano úmido.

Imagem 1

Aço Inox: Produtos abrasivos (ácidos ou básicos) usados geralmente na limpeza de pisos, alvejantes e água sanitária danificam a superfície do aço inox se não forem diluídos em concentrações recomendadas. Para proteger sua superfície, é recomendada uma aplicação mensal de cera automotiva, da mesma forma como é feito em automóveis. Mesmo assim, caso algum dos produtos citados acima caia sobre o aço, é necessário removê-lo imediatamente. Para tirar manchas de dedos ou gordura, é recomendado aplicação de removedor caseiro, de preferência inodoro, para evitar fortes odores dentro do salão.

Pintura: Utiliza-se apenas uma solução de detergente neutro em água morna, aplicada com uma esponja macia ou flanela. Nunca usar material áspero no auxilio da limpeza. Após a limpeza, seque o local com uma flanela. Aplique cera a cada trinta dias.

Imagem 2

Alumínio: Assim como no aço inox, produtos abrasivos também atacam a superfície do alumínio, deixando-o com aspecto opaco. Para recuperar o brilho, pode-se usar massa de polir n° 2, com auxilio de lã de aço, para depois dar acabamento com cera automotiva e uma flanela.

O termo manutenção também pode estar relacionado à conservação periódica, ou seja, com os cuidados e consertos feitos entre determinados períodos com o objetivo de preservar seu equipamento.

Neste caso, entre em contato com a assistência técnica da Ferrante para obter mais informações.

Ferrante, uma empresa 100% brasileira

A globalização trouxe maior competitividade ao mercado de móveis no Brasil com a chegada dos produtos importados, trazendo ao país uma referência internacional.

Esta movimentação faz com que o mobiliário se desenvolva para acompanhar a nova realidade de mercado e oferecer, além de um produto de reconhecimento internacional, as vantagens de ser uma empresa que conhece e atua neste mercado há muitos anos.

A Ferrante oferece móveis com design, qualidade e tecnologia atualizada em produtos fabricados no Brasil, o que garante muitas vantagens aos clientes e profissionais do ramo de beleza.

foto-fabricacao

O controle de fabricação de todos seus itens garantem uma rápida reposição de peças, bem como de serviços de assistência técnica próprio, altamente treinado, possibilitando rápidos ajustes e reformas para renovação dos móveis e dos salões.

Fabricar no mercado em que atua tem suas vantagens, enquanto por ter a matriz em outro pais, os importados normalmente oferecem ao cliente limitadas opções de padrões e cores, ou são obrigados a cobrar a mais por um acabamento sem ser o básico.

Nossos clientes tem a possibilidade de personalizar seus móveis e em alguns casos, desenvolvemos linhas exclusivas.  Oferecemos inúmeros padrões de cores e acabamentos, com prazo de entrega mais ágil que o importado.

proenca

A qualidade da Ferrante já é reconhecida há muitos anos aqui e lá fora, pois são muitas as vantagens quando o cliente escolhe os nossos produtos para o sucesso do negócio.

Afinal, além de comprar um móvel de muita qualidade, tecnologia, tradição e beleza, o cliente garante muitas facilidades por muitos anos.

Seu salão e a cadeira Typo A, um par perfeito.

imagem-1

A Ferrante desenvolveu a cadeira Typo A em sintonia com a valorização das tradições nas barbearias, tendência que atinge o mercado de beleza em todo o país.

Totalmente projetada por tecnologia digital e produzida com materiais nobres, a nova Typo A possui soluções inovadoras que atualizam a cadeira de barbeiro, sempre um sinônimo de conforto e durabilidade para o trabalho perfeito do profissional e a satisfação do cliente.

A cadeira Typo A, sucesso pela criação inspiradora, participou do IF Design, um dos mais importantes prêmios da Europa.

Os acabamentos seguem uma infinidade de opções e combinações de tecidos, costuras e materiais que remetem ao ambiente familiar das antigas barbearias.

imagem-2

Sempre voltada à modernidade dos produtos Ferrante, hoje o cliente pode customizar a cadeira Typo A, bem como todos nossos outros móveis, com detalhes que incluem a logomarca do salão bordada na cadeira, ou aplicação da marca em chapa de inox cortada a laser.

imagem-3

 

Design moderno, materiais nobres e tradição da Ferrante valorizam o espaço de beleza

É natural encontrar nobreza e tradição, modernidade e inovação quando falamos das cadeiras e dos móveis Ferrante, produtos que contam uma importante história no fascinante mundo da beleza no Brasil.

E em quase 90 anos de muita história, a Ferrante acompanha as transformações para estar cada vez mais em dia e apresentar soluções criativas em design e conforto para salões de beleza e barbearia.

imagem-blog-1

Afinal, desenvolver tendências, baseado em nossa própria experiência, renova a tradição de nossos produtos, sempre em sintonia perfeita com os profissionais mais qualificados do Brasil.

Cada etapa industrial de um móvel Ferrante é produzida no Brasil, o que garante reposição rápida de qualquer peça e torna o atendimento pós-venda ser admirado pelos clientes em todo o país. Por outro lado, algumas etapas e detalhes da montagem são artesanais. Portanto, cada produto atinge elevado nível de design e de acabamento, possível somente pela mão de obra brasileira altamente especializada. É um método mais trabalhoso, mas que valoriza e enriquece cada detalhe e cada etapa da produção de móveis com reconhecimento internacional.

imagem-blog-2

Primeira e única empresa brasileira a conquistar o prestigiado Intercoiffure Interbeauté Hairdressing Business Awards como melhor fabricante de móveis para salões de beleza, prêmio oferecido pela Intercoiffure Mondial, sediada em Paris desde 1926, a Ferrante foi recentemente indicada para participar de um dos mais importantes prêmios de design da Europa – O IF Design, realizado em Munique, quando a Ferrante concorreu com a cadeira Typo A, um dos produtos mais clássicos de nossa extensa linha.

Todo este carinho e compromisso com nossos clientes, bem como a busca constante pela alta qualidade de nossos produtos, trazem como resultado a satisfação do cliente e do profissional dos salões e barbearias, levando reconhecimento nacional e internacional à cada peça recheada de história e tradição.

Frente Typo A é sucesso na Beauty Fair

No começo de setembro aconteceu em São Paulo a décima segunda edição da Beauty Fair (Feira Internacional de Beleza Profissional), evento direcionado aos profissionais e comerciantes do segmento de beleza e que é considerado o maior e mais influente evento das Américas.

imagem-blog

Nesta edição, realizada no Expo Center Norte, houve mais de 100 eventos educacionais durante os quatro dias de feira, organizados por setores: Hair, Estética & Spa, Maquiagem, Manicure e Negócios (varejo).

Como já é tradição, afinal a Ferrante participou de todas as edições da Beauty Fair, nosso stand teve como atração principal o lançamento da Frente Typo A.

Muito prática, a frente tem o próprio lavatório e é ideal para otimização do espaço. Pode ser fabricada com acabamentos e cores diferentes, além de contribuir para a ambientação de espaço retrô.

Confira no vídeo, o ajuste da cuba com movimento.

Cadeira Alvorada

Blog 1

 

Toda boa ideia merece ser aprimorada. E é pensando justamente em evoluir o produto que a Ferrante renova a Cadeira Alvorada e a transforma num produto exclusivo. E esta evolução só é possível numa empresa que fabrica e desenvolve cadeiras de barbeiro há quase 90 anos.

O design remete aos anos 60, com muita tradição impregnada nos produtos desta linha retrô, com toques e retoques de tecnologia, a filosofia número 1 da Ferrante, uma tradição que se renova por todas as gerações, sempre à frente em termos de design.

Afinal, o DNA é exclusivo, não se perde com o tempo, reafirma-se com a entrada de novas tecnologias em busca do avanço, conforto, beleza e evolução constante nos endereços mais clássicos do país.

Blog 2

Confira mais detalhes deste produto no site Ferrante:
http://www.ferrante.com.br/produtos/barbearia/alvorada/

Renner de Souza, maquiador das loiras

Queridinho de celebridades como Giovanna Ewbank, Anitta e Gabriela Pugliesi, o maquiador Renner Souza, um parceiro Ferrante, fala com o Blog Belícia e dá dicas de beleza muito interessantes.

Renner nasceu em Barreiras, no interior da Bahia, e iniciou sua carreira como pupilo de Max Weber.

renner-souza-casamento-fernanda-souza-2

Desde então, tem alçado voos cada vez mais altos e se consagrou como o Maquiador das Loiras, sendo o preferido das atrizes na hora de preparar “aquela” produção.

Screen Shot 2016-08-01 at 4.27.44 PM

Confira a seguir os melhores momentos do bate papo!

Como iniciou sua carreira como maquiador?

É legal responder essa pergunta, porque começaram a fazê-la pra mim há pouco tempo. Antigamente, me pediam apenas dicas de beleza, mas ninguém queria saber de onde eu vim nem pra onde queria ir. Eu nasci em Barreiras e, quando criança, fui morar em Salvador. Sempre gostei de moda, me relacionei com pessoas da moda, mas não sabia que profissão queria seguir dentro do segmento. Não fiz faculdade, não estudei… Uma amiga minha estava fazendo faculdade em São Paulo e me chamou pra morar com ela. Eu falei que iria, mas não tinha trabalho nem nada. Ela respondeu que eu poderia vir mesmo assim, mas tinha que correr atrás. Mas as coisas coincidiram: um tempo antes disso, eu conheci um fotógrafo pelo Orkut (na época tinha) e, quando ele veio fazer um book em Salvador, me chamou para maquiar. Eu só tinha experiência de maquiar minhas amigas, mas fui lá e juntei a maquiagem de uma amiga, de outra, e acabei conseguindo fazer o rosto de todo mundo. Não avisei a ele que iria pra São Paulo, mas em Salvador ele me elogiou e disse que eu tinha talento.

Chegando a São Paulo, fiquei morando com minha amiga e meio focado nela, sem conhecer ninguém. Aí, um dia passando na Paulista, uma amiga modelo me viu e comentou no Orkut que havia me visto na avenida. O fotógrafo viu e comentou: “puxa, você veio pra SP e não me procurou?”. O nome desse fotógrafo é Fabiano Herrera. Quando começamos a trabalhar juntos, ele falou que precisava me apresentar ao Max Weber. Mas a oportunidade nunca aparecia e, enquanto isso, eu assistenciava ele. Até que chegou o dia em que eu conheci o Max e era muito engraçado, porque eu tinha pouquíssimo material, não tinha nada. Aí o Max falou: “você quer começar? Vai ter fashion week desfile tal, dia tal”. Quando eu vi, já tinha caído na fashion week. Então fui ajudando o Max na semana de moda e também o Fabiano com os books. O Max começou a me levar nas viagens, para fazer campanhas com ele, e eu fui montando minhas coisas. Mas aprendi vendo o trabalho dele e de outros maquiadores, estudando – o Herrera me ajudou muito porque ele me mostrava ponto de luz, sombra, referências gringas, e falava: “vamos fazer”, pegava uma modelo e íamos experimentando.

Até que eu fui fazer o book de uma menina, que era a Giovanna Ewbank. Ela era modelo e, anos depois, foi parar em Malhação. Tivemos uma afinidade muito grande desde sempre e, quando ela foi pra Globo, teve que morar no Rio e ficamos distantes. Nos reencontramos antes de ela casar com o Bruno e foi quando tudo aconteceu na minha vida, porque ela começou a falar de mim pra outras atrizes, começou a me exigir nos trabalhos e daí tudo começou a funcionar. Considero Giovanna minha fada-madrinha e Max Weber meu padrinho. Tive essa sorte de ter conhecido pessoas importantes que me ajudaram muito. Sorte de baiano, né?

Tem algum aprendizado que você adquiriu com Max Weber e leva consigo até hoje?

Eu ainda realizo trabalhos com ele, quando ele precisa fazer fashion week. Mas o que eu levo de experiência do nosso início juntos é a vontade de estudar, pesquisar referências. Saber de onde veio o risco do olho, o que a mulher usava na década de 20, qual a história por trás de cada beleza. Também me lembro claramente de uma frase que ele sempre dizia: “maquiar, todos os maquiadores sabem, mas o difícil é deixar a mulher ficar linda sem parecer estar maquiada”. E essa é a necessidade da mulher brasileira, de ficar linda sem estar muito carregada, porque ela já tem uma beleza natural.

A mulher brasileira está, cada dia mais, tendo acesso a informação sobre maquiagem, principalmente através dos blogs, canais no Youtube e tutoriais. As preferências e a consciência de beleza estão mudando?

Não apenas a consciência, mas o acesso. Surgiram novas marcas brasileiras que, cada dia mais, melhoram a qualidade do produto e criam opções que todas as mulheres podem comprar, e não apenas as que têm dinheiro. Hoje tem O Boticário, tem Natura, Vult, a Dailus – da qual eu sou embaixador e que é uma marca que se preocupa em crescer e oferecer à cliente um produto de qualidade superior, de maquiagem importada, sem cobrar caro por isso. Hoje, a brasileira se preocupa em cuidar da pele, usar filtro solar. Todo mundo tem acesso a muitos cuidados, acaba ficando mais fácil se maquiar, se cuidar. E, com os tutoriais, dá para saber quando usar uma sombra mais forte, mais colorida, como fazer um contorno no rosto… Essa mudança do acesso fica muito clara quando você percebe que a atendente do caixa de supermercado está bem maquiada, a aeromoça, a vendedora. A classe trabalhadora que sai de sua casa maravilhosa, maquiada. O acesso e os produtos mais baratos estão fazendo com que todo mundo saia linda.

A Anitta, com quem você vem trabalhando recentemente, já declarou que adora fazer a própria maquiagem. Clientes antenadas são mais difíceis de agradar?

Não, acho muito mais fácil, porque elas já sabem o que ela querem, já têm uma ligação com isso. A Anitta gosta de se maquiar, sim, tanto que quando faz show ela não leva maquiador. Às vezes eu faço alguns shows com ela, mas de modo geral ela mesma se maquia. Eu costumo ficar mais responsável pela publicidade, quando ela vai a algum evento, alguma outra situação. Hoje, por exemplo, quando eu sair daqui vou direto encontrá-la para fazermos uma maquiagem para a revista Bazaar. Aí ela já pede um olho mais clean, porque o olho forte ela usa mais no show. Acho que ser assim, antenada, melhora tudo, porque ela se olha no espelho e já sabe o que quer. Quando ela não sabe, às vezes nós, maquiadores, olhamos para ela e enxergamos uma determinada mulher, trabalhamos nisso e, quando ela vai ver o resultado, não é o que ela queria. Por isso, acho que mulher segura ajuda em tudo. Mesmo se não souber como ficará a maquiagem, a segurança é um grande passo.

Você é conhecido e já foi nomeado pela Vogue Brasil como o Maquiador das Loiras, sendo o queridinho de personalidades como Giovanna Ewbank, Fiorella Mattheis e Gabriela Pugliesi. Existe um segredo para deixá-las ainda mais bonitas?

A pele. Elas amam ter uma pele iluminada. Se estiverem mais brancas, querem ser brancas iluminadas. Se estiverem douradas, querem ficar bronzeadas – elas amam ficar bronzeadas. Então o segredo é esse, ter uma pele incrível. Alguns detalhes são difíceis de explicar, mas tudo parte do contour, das marcações, e também de misturas de produtos. Sou muito de misturar produtos que ninguém imagina, tipo a base de uma marca, o corretivo de outra, o iluminador de uma terceira… São truques que só dá para perceber assistindo, mas que fazem a diferença.

Um dos seus trabalhos de maior repercussão foi a maquiagem do casamento da Fernanda Souza. Existem regras para uma make de noiva?

Regras, não, mas bom senso sim. Não acho legal uma noiva entrar com maquiagem carregada, olho preto, boca lilás, numa igreja. Pode ser que tenham noivas que gostem, mas se alguma me pedir, eu não aconselho e não faço.

Você é baiano, mas sua carreira aconteceu em São Paulo. O que acha do mercado de beleza da Bahia hoje? Acha que tem mais espaço do que quando você começou?

Eu nem sei se tem mercado aí, se tem pessoas que vivem disso. Fico muito triste de saber que existem trabalhos na Bahia e nunca ninguém ter me convidado ou sequer me consultado. Sei que tem maquiadores antigos aí que vivem bem, mas na Bahia as pessoas não buscam o novo. Mas o Salvador Shopping, graças a Deus, me chamou para fazer esse trabalho com a Julia Faria – que exigiu minha presença – e, dessa forma, acredito que a oportunidade abrirá portas para que eu volte a trabalhar na Bahia. Sinto muita falta daí.

Falando em Estações: acredito que você não possa revelar muitos detalhes da campanha, mas com certeza a beleza criada por você reflete muito das tendências do verão 2016. Quais delas o público conseguirá identificar ao olhar as fotos?

O verão aparece mais na roupa, mas não na beleza. O make foi super clean – que também funciona muito para o verão, na verdade. Você pode, nesse período, abusar das bocas coloridas, mas eu não apostei nisso para a campanha porque já haviam muitas roupas coloridas, então preferi um make mais limpo. Mas na vida real, as mulheres podem se jogar em batons de todas as cores.

Para finalizar: qual o segredo do sucesso de um maquiador?

Acho que o segredo é o trabalho do dia a dia, de pesquisa, investir em imagem. É o que eu digo: tá no Nordeste? Liga pra uma amiga modelo, chama uma agência pra fazer um teste, faz imagem, monte um portfólio. Busque coisas, porque quando eu cheguei aqui eu pedia, dizia que precisava de uma oportunidade, de fazer imagem. E foi aí que comecei a fazer book e as coisas mudaram. Você vai descobrindo e vai se tornando bom, e quando você é bom no que você faz, as pessoas começam a te enxergar. Tem também a questão do carisma para conquistar pessoas, celebridades… Tem que ser bom maquiador e de quebra ter carisma, ou seja, trabalhar tudo na vida (risos). Minha maior sorte é de ser baiano e, baiano, em qualquer lugar do mundo se dá bem. Por isso que no meu Instagram tá escrito: “Sorry, I’m from Bahia”, porque eu sempre falo e tenho o maior orgulho disso. E isso me abre portas.

Screen Shot 2016-08-01 at 4.27.25 PM

Fonte Blog Belícia
http://beliciablog.com.br/belicia-entrevista-o-maquiador-renner-souza/

Facebook
https://www.facebook.com/RennerSouzaMaquiador

Instagram
https://www.instagram.com/rennersouza/

Alê de Souza e os segredos de um maquiador

Screen Shot 2016-07-19 at 5.21.07 PM

Profissional de beleza, apaixonado por fotografia, culinária e animais, o maquiador Alê de Souza é visagista da Rede Globo e queridinho de muitas famosas. Em entrevista à jornalista Eliane Tarrataca, da Revista Beauty Secrets, o artista, parceiro Ferrante, conta alguns de seus segredos.
Alê de Souza descobriu sua vocação por acaso, quando ainda brincava com pincéis na infância. Quem poderia imaginar que o paulistano iria se tornar o responsável pela caracterização do elenco das novelas globais? Sim. O rapaz não brinca em serviço!

Screen Shot 2016-07-19 at 5.21.34 PM
Screen Shot 2016-07-19 at 5.21.24 PM
Screen Shot 2016-07-19 at 5.20.45 PM

Fernanda Lima, Aline Moraes, Tais Araújo, Deborah Secco e Mariana Ximenes são algumas das celebridades que já passaram por suas mãos. Vale destacar também que foi ele quem cuidou da beleza das noivas Juliana Paes e Wanessa Camargo.

Defensor do visual natural com uma maquiagem equilibrada para qualquer ocasião, Alê é referência e inspiração no mundo da beleza e moda. “Nos dias mais quentes, é melhor optar por uma pele fresca e livre de excessos de maquiagem. Ensino as belas a tomar proveito do bronze da estação investindo em produtos que realcem a cor”, aconselha. Ele também contou alguns de seus macetes, confira!

Como é montar o estilo de uma personagem global?
É um processo divertido que junta as ideias do autor da obra, diretor de núcleo, figurinista, sem deixar de ouvir a atriz que fará o papel.

Você está acostumado a trabalhar com verdadeiras divas, há algum truque que se aplica a qualquer rosto?
Compressas de água gelada ajudam a descongestionar o rosto aliviando os sinais de cansaço, deixando a pele fresca para receber a maquiagem sem problemas.

Qual o conselho que você mais dá às mulheres?
Não pesar demais na mão quando resolver se maquiar, porque na maquiagem o menos é sempre mais. Fique sempre atenta quanto a isso!

5 dicas infalíveis!

1- Sempre cuide muito bem da pele, maquiagem não é milagre e não ficará perfeita se a pele não estiver bem tratada. Essa atenção é essencial.
2- Opte por produtos adequados ao clima tropical do nosso país e ideais para seu tipo de pele.
3- Compressas de soro fisiológico ajudam a descongestionar os olhos, aliviando os sinais de cansaço – mais comuns pela manhã.
4- Blush com textura em creme ou líquida traz mais frescor e naturalidade às maçãs do rosto.
5- Aplicar lápis bege na linha d’água dos olhos ajuda a abrir o olhar. Fica sensual e leve.

Fonte Mulher.com.br
http://www.mulher.com.br/beleza/o-expert-ale-de-souza
Youtube
https://www.youtube.com/channel/UCbbRwFu4_zi_IFNF_LvVQ5g
Instagram
https://www.instagram.com/aledesouza1970/

Ferrante e a onda retrô

Nesta avalanche de valorização de artigos retrô, a Ferrante é a única fabricante nacional de cadeiras para barbeiro a ter referência no próprio passado.

Afinal, com quase 90 anos de história, a Ferrante tem um histórico de muito sucesso.

Portanto, é natural, de tempos em tempos, um relançamento, uma releitura moderna e atualizada de um sucesso como a cadeira Typo A e a Typo 9.

TYPO A NOVA E ANTIGA

Essa proposta da Ferrante renova o espírito de nossos fundadores, pioneiros e visionários, sempre em busca de qualidade, conforto, tecnologia e modernidade em cada detalhe do design e da produção.

Na verdade, a Ferrante está fielmente sintonizada à uma era que leva grandes marcas ao relançamento de produtos que já fizeram sucesso entre os consumidores, especialmente aqueles com um apelo retrô (brands and the retro world), segundo artigo publicado pelo blog Brand Target, com depoimento de Marcos Bedendo, professor de Gestão de Marcas e Marketing estratégico da ESPM – Escola Superior de Propaganda e Marketing.

Fonte: https://brandtarget.wordpress.com/2014/09/07/as-marcas-e-o-mundo-retro/

“Há dois tipos de consumidores de produtos retrô: aqueles que vão pela vivência, ou seja, fazem alguma conexão entre o produto e a própria infância, ou aqueles que se sentem atraídos por essa estética característica” diz.

“O reciclyn” é moda desde que a comunicação comunica. Essas estratégias nos dão saudade e fazem com que a gente lembre de quem somos, onde estivemos e o que queremos com as novas gerações. Os relançamentos trazem de volta uma reaproximação do produto com o Cliente, trazendo de volta suas experiências um consumidor que tinha se distanciado.”, informa Bedendo.

Releitura de um produto não é copiar um produto antigo, é desenvolver uma versão atualizada de um produto que fez sucesso e trazer neste produto toda nostalgia de antigamente num novo produto moderno e atualizado, com todos os benefícios das novas tecnologias. Alguns exemplos de sucesso são os carros Mini Cooper e o Cinquecento da Fiat.carros

No mercado de móveis para Salão de Beleza no Brasil, só a Ferrante tem condições de elaborar releituras de cadeiras de barbeiro, por ser a única empresa que iniciou sua atividades no inicio do século passado,  fabricando cadeiras de barbeiros, com modelos de sucesso no passado justamente para apontar releituras atualizadas, como por exemplo a cadeira Typo A – primeiro produto Ferrante fabricado na década de 20.

Relançada recentemente, a cadeira Typo 9 representou um enorme sucesso na história da Ferrante. A cadeira original impulsionou o crescimento da empresa, tornando-se um dos produtos mais importantes na história da Ferrante, uma releitura fiel e modernizadora deste produto único e muito à frente de seu tempo.

Correta